Tudo sobre iCloud e outros servidores de armazenamento na nuvem, Cloud Computing, hospedagem de sites, servidores dedicados, VPS

MariaDB Adquire Clustrix : Banco de Dados

MariaDB Adquire Clustrix Adicionando Tecnologia de Banco de Dados Distribuída. A tecnologia Clustrix permitirá que o MariaDB seja dimensionado para além das soluções distribuídas tradicionais, como o Oracle RAC, para níveis alcançados apenas com o NoSQL. E isso, sem comprometer os principais recursos empresariais.

O MariaDB foi lançado em 2009 pelos fundadores originais do MySQL. A fundação foi logo depois que a Oracle adquiriu legalmente a propriedade formal da popular plataforma de banco de dados de código aberto. Agora a MariaDB anunciou a aquisição da Clustrix. Esta é uma empresa startup de doze anos de idade que desenvolve um substituto para bancos de dados MySQL. Eles são projetados para melhor desempenho em escala em ambientes exigentes de nuvem de alto tráfego.

O ClustrixDB já é usado por data centers corporativos em suporte a mais de 100.000 transações por segundo para comércio eletrônico. Os programadores da empresa, no entanto, estarão integrando o código e os recursos da estrutura do ClustrixDB. Tudo isso, em novas versões do MariaDB.

Por que o MariaDB Adquire Clustrix?

Embora a integração da tecnologia de banco de dados Clustrix ao MariaDB não seja trivial, Howard enfatizou que o banco de dados sempre foi construído para acomodar mecanismos externos de armazenamento de banco de dados.

O MariaDB, entretanto, terá que fazer algumas alterações em suas APIs para estar pronto para os recursos de clustering do Clustrix.

Isso, vai ser um esforço pesado para seus Técnicos fazerem tudo direito. Mas todo mundo na equipe quer fazer isso porque é bom para a empresa e para os nossos clientes. Foi o que disse o CEO de MariaDB, Michael Howard.

MariaDB não divulgou o preço da aquisição. Desde que foi fundada em 2006, no entanto, a Clustrix incubada pela Y Combinator arrecadou pouco menos de 72 milhões de dólares.

O MariaDB arrecadou pouco menos de US $ 100 milhões até o momento. Então, provavelmente é um palpite justo que a Clustrix não vendeu necessariamente mais caro que isso.

Com a aquisição, o MariaDB adiciona recursos de scale-out que são executados em instalações com hardware de commodity. E do mesmo modo, em qualquer ambiente de nuvem, com maior escalabilidade. E além disso, maior disponibilidade do que outras opções distribuídas tradicionais, como o Oracle RAC.

O investimento adicional no MariaDB

A aquisição, que acompanha a notícia de um investimento adicional no MariaDB para aumentar ainda mais a inovação do banco de dados, ajuda a impulsionar os laboratórios do MariaDB Missão. Isso é para enfrentar os desafios mais extremos no campo de banco de dados. E especificamente, em torno de computação distribuída, aprendizado de máquina e chips de última geração, memória e ambientes de armazenamento.

Um pouco sobre a ClustrixDB

O ClustrixDB inclui a capacidade de os usuários optarem por compartilhar bancos de dados em versões sincronizadas. Isso inclui vários servidores da Web para aplicativos big data. Ou então, para dimensionar tabelas horizontalmente sem fragmentação. A conformidade com o ACID permite que o MariaDB desafie as velocidades de desempenho das soluções Hadoop, Redis e NoSQL para os requisitos de big data com as vantagens da compatibilidade com o MySQL drop-in para o código. ler mais MariaDB Adquire Clustrix.

Deixe um Comentário

avatar
  Subscrever  
Notificar