Como Escolher um Host: Cloud ou Servidor Dedicado

Com tantas empresas de hospedagem por aí fora, como você pode garantir que está escolhendo um dos mais respeitáveis? Aqui estão algumas dicas que devem ajudar a orientar você na direção certa.

O que é Cloud Hosting?

A Cloud Hosting, ou hospedagem na nuvem é uma forma de hospedar sites, espalhando dados por várias máquinas, em vez de um único servidor. Os usuários gerenciam seus dados usando uma máquina virtual que acessa os diversos servidores na nuvem. Ao comparar um servidor em nuvem com um servidor dedicado, uma diferença notável é que a hospedagem em nuvem acessa o poder de computação e os serviços de várias máquinas.

Muitos dos novos planos de hospedagem em nuvem dedicada de varejo disponíveis para suporte de publicação de sites de pequenas empresas são baseados em melhorias de software de gerenciamento de rede de servidor.

O que é servidor dedicado?

Um servidor dedicado é uma máquina física comprada ou alugada inteiramente para as necessidades da sua própria empresa. Normalmente, os servidores dedicados são utilizados por grandes empresas e organizações, que exigem níveis excepcionalmente altos de segurança de dados, ou por aquelas cuja demanda por servidores é alta e previsível.

Com os servidores dedicados, as empresas ainda precisam de capacidade e experiência em TI para gerenciar a manutenção, os patches e as atualizações contínuas. Empresas que utilizam aplicativos com alto índice de I/O, tais como os bancos de dados e as plataformas de big data, encontram grande valor no hardware bare metal dedicado.

Confiabilidade e velocidade de acesso

Não apenas o host deve ser rápido e confiável, ele deve garantir o seu uptime (tempo em que é funcional). Procure um uptime mínimo de 99%. Na verdade, até mesmo os 99% de uptime podem ser ainda muito baixo - ele realmente deve ser 99,5% ou superior.

Tráfego de dados

Tráfego de dados refere-se à quantidade de dados que os visitantes do site podem baixar a partir de um website. Você pode obter uma estimativa da quantidade de largura de banda para tráfego de dados que seu site vai exigir, se você sabe o quão grande as páginas serão e quantas pessoas você pode esperar, que acessem o seu site em uma base diária ou mensal. Geralmente este tráfego é medido em Giga Byte – GB, ou Tera Byte – TB. Quando o host oferecer o tráfego ilimitado, verifique, se realmente está em contrato.

Espaço em disco

O espaço em disco se refere à quantidade de espaço, para armazenamento de dados que a empresa de hospedagem oferece para suas páginas web. Estamos falando de todos os seus documentos, gráficos, animações, paginas de textos, dados armazenados em banco de dados, etc, tudo deve caber neste espaço de armazenamento.

Largura da banda de dados

Trata-se da velocidade do link oferecido, nos casos de contratação para cloud, vps e servidores dedicados. Esse link é geralmente definido por bits por segundo, que é a unidade de medida dos protocolos HTTP. Como o tráfego é imenso na rede, as operadoras oferecem links em Mega bits por segundo– Mbps. Ou Giga bits por segundo- Gbps. Não confundir com a medida dos protocolos FTP, que fazem por Bytes e calcula essa medida em Kilo Bytes por segundo – KBps, ou Mega Byte por segundo – MBps. Estes fatos são para downloads e oploads de arquivos via FTP.

Hardware e software

Importante, verificar as marcas e os tipos de hardwares e softwares, oferecidos pela empresa de hospedagem. Se você já está familiarizado com este sistema, observe que as melhores empresas de hospedagem trabalham, com as melhores marcas e os melhores data centers.

O suporte técnico

Nós não vamos aceitar um sistema que não tem o pessoal que trabalha nos fins de semana ou feriados. O apoio técnico deve estar disponível 24 horas por dia, 7 dias por semana (24/7). Um serviço de web hosting que se preocupa com você como cliente - e não apenas um cifrão. Procure pelo nível de SLA e observe a segurança dos colaboradores da empresa de hospedagem no ato da contratação.

Configurações de Servidor

E-mail, FTP, PHP, SSI, Htaccess, SSH, MySQL, crontabs, Perl, cPanel, Plesk, Sistemas operacionais, como Linux, Windows, suporte para blogs WordPress. Tudo isso deve ser avaliado na contratação.
Se você está pagando por um site, você realmente deve se certificar de que você tem tudo isso.

iCloud Tutoriais
Logo