Confira os tipos de hospedagem na web mais comuns

Estes são os tipos de hospedagem na web mais comuns que podemos descrever, para que você saiba como funcionam. Para hospedar um site em servidores da web é alguns atributos, como: hardwares, softwares e um nome de domínio.

tipos de hospedagem na web mais comuns

Diferentes sites têm necessidades distintas, portanto, existe uma variedade de serviços de hospedagem na web par atender a cada projeto. Você já deve estar familiarizado com alguns deles, então veja estes exemplos: compartilhados, dedicados, VPS, nuvem e comércio eletrônico, para citar os mais populares. O tipo que é melhor para sua empresa dependerá de vários fatores, incluindo o tipo de empresa, a quantidade de tráfego do site e quantos recursos visuais estão em seu site.

O que é hospedagem na web?

Em termos mais básicos, hospedagem na web é o serviço que permite que um indivíduo ou organização publique sites e aplicativos na Internet. Embora possamos pensar em sites como algo que só existe digitalmente, a verdade é que recursos físicos também são necessários para alimentar o conteúdo da Internet, principalmente na forma de servidores.

Um servidor é um computador poderoso que contém todos os arquivos que compõem seu site e é o espaço físico onde seu site está alojado. Os sites são essencialmente coleções de arquivos, incluindo texto, imagens e outros elementos. Portanto, você pode pensar em um servidor como o arquivo onde esses arquivos ficam. Quando alguém visita seu site, ele está conectado ao servidor onde pode acessar esses arquivos, também conhecido como seu site.

Tabela com os tipos de hospedagem na web

Tipo De Hospedagem Descrição Melhor Para...
Hospedagem Compartilhada Um único servidor é compartilhado entre vários usuários, nesta forma básica de hospedagem na web. Empresas que possuem sites pequenos e simples com tráfego moderado e desejam a opção mais acessível disponível.
Hospedagem VPS Um único servidor físico é dividido em vários espaços virtuais, que são usados ​​para hospedar sites individuais. Empresas com sites maiores e com tráfego mais intenso que podem gastar um pouco mais de dinheiro para controle e recursos adicionais.
Armazenamento em nuvem Um servidor virtual que é executado em um ambiente de computação em nuvem e armazena dados em uma rede de servidores. Sites de pequeno a médio porte que exigem mais recursos do que hospedagem compartilhada, incluindo a capacidade de lidar com aumentos de tráfego em tempo real.
Hospedagem Dedicada Um servidor que é alugado para um único cliente. Empresas com sites grandes e de alto tráfego que exigem muitos recursos e podem pagar um preço mensal mais alto.
Hospedagem de comércio eletrônico Hospedagem especializada com recursos projetados para lojas online, incluindo carrinhos de compras, gerenciamento de estoque e funcionalidade de processamento de pagamentos. Lojas online ou empresas físicas que também desejam vender produtos por meio de seu site.
Revenda de Hospedagem Uma forma de hospedagem que permite ao usuário comprar espaço no servidor, dividi-lo e revendê-lo para outros clientes. Indivíduos ou empresas com algum conhecimento técnico que desejam ganhar dinheiro revendendo espaço de servidor para outros clientes.

8 recursos essenciais nos tipos de hospedagem na web

Recursos da hospedagem na web mais comuns

Na hospedagem da web, existem alguns recursos importantes a serem considerados ao comprar este serviço. Quero destacar os mais importantes em uma lista simples, mas que ajudará na sua escolha.

1. Registro de nome de domínio

Antes de qualquer coisa, cada site precisa ter seu próprio nome de domínio exclusivo. Embora você possa registrar seu nome de domínio separadamente do seu plano de hospedagem, muitos provedores de serviços de hospedagem oferecem registro de nome de domínio como parte de seus pacotes de hospedagem.

O nome de domínio será o endereço definitivo para que as pessoas possam encontrar seu web site. Como há taxas adicionais associadas ao registro de um nome de domínio, incluí-lo em seu pacote de hospedagem pode economizar dinheiro.

A desvantagem de registrar um nome de domínio junto com o pacote de hospedagem é: se você precisar trocar de provedor de hospedagem, seu domínio ficará lá ainda.

Dica importante: procure um provedor de domínios separado e que seja de sua extrema confiança.

2. Velocidade de carregamento do site

Todos os proprietários de sites sabem que a rapidez com que seu site carrega é essencial para seu sucesso. A velocidade afeta a experiência de seus clientes em seu site, e o Google também a considera na pontuação geral da qualidade de um site. Se as páginas do site são carregadas com velocidades lentas, certamente afetará negativamente o SEO.

Quando você selecionar um provedor de serviços de hospedagem, procure empresas que usam Solid-State Drives que são disco SSD e uma Content Delivery Network, que é a famosa CDN. Também vale exigir que eles possuam servidores em vários locais, pois esses fatores contribuem para melhores velocidades.

3. Armazenamento

Apesar de seu tamanho, os servidores têm uma capacidade limitada de armazenamento de arquivos. Você deseja escolher um tipo de hospedagem que possa acomodar o tamanho do seu site. Por exemplo, a hospedagem compartilhada geralmente é suficiente para sites com muito texto e poucas páginas, enquanto sites maiores com muitas imagens de alta resolução e mídia de streaming podem exigir a quantidade de armazenamento que apenas um VPS ou servidor dedicado pode fornecer.

4. Largura de banda e tráfego

Assim como o armazenamento, as necessidades de largura de banda variam de site para site. Um site com milhares de visitantes diários requer mais largura de banda do que um site com algumas centenas de visitantes. Enquanto muitos serviços de hospedagem compartilhada anunciam largura de banda “ilimitada”, isso geralmente se baseia no fato de que a maioria dos sites nunca chega perto de atingir os limites de largura de banda, especialmente quando são novos. No entanto, ajuda a ler as letras miúdas; alguns provedores de serviços de hospedagem penalizam os clientes que excedem a quantidade de largura de banda alocada.

5. Upgrade e Downgrade

Uma maneira de resolver problemas de armazenamento e limitações de largura de banda é a escalabilidade. Alguns tipos de hospedagem, como hospedagem em nuvem, permitem que os sites aumentem os recursos rapidamente. Muitos provedores de serviços de hospedagem oferecem diferentes tipos de hospedagem, para que um site lançado com hospedagem compartilhada possa atualizar para VPS ou hospedagem dedicada quando superar suas limitações de armazenamento e largura de banda.

6. Tempo de atividade

Como mencionado anteriormente, um bom provedor de serviços de hospedagem na web garante que seus servidores funcionem o mais próximo possível de 100% do tempo. Você pode verificar as declarações de uma empresa sobre seu tempo de atividade por meio de um site de terceiros .

7. Contas de e-mail

Contas de e-mail dedicadas em seu nome de domínio são fundamentais para estabelecer profissionalismo e autoridade para o seu negócio . Diferentes pacotes de hospedagem oferecem números variados de contas de e-mail por site, portanto, determine quais são suas necessidades ou o que você espera que sejam e procure um pacote que atenda a essas necessidades.

8. Suporte técnico

Ter suporte técnico confiável e acessível do seu provedor de serviços de hospedagem na web também é essencial para executar um site com eficiência. Se você ou seus clientes estão tendo problemas com seu site, você vai querer resolver esses problemas o mais rápido possível. Procure empresas que ofereçam suporte 24 horas por dia, 7 dias por semana, seja por telefone, chat ou e-mail.

Alguns termos comuns nos tipos de hospedagem na web

Há muita terminologia especializada em torno da hospedagem na web. Aqui estão algumas das palavras e frases mais comuns:

Provedor de serviços de hospedagem

Qualquer empresa que forneça serviços de hospedagem na web. Eles possuem e operam os servidores onde os sites estão hospedados e alugam espaço nos servidores para os clientes. Você pode pensar no provedor de serviços de hospedagem como o proprietário do seu site. Os provedores de serviços de hospedagem populares incluem:

⦿ HostGator ⦿ InterServer
⦿ BlueHost ⦿ SiteGround
⦿ Linode ⦿ A2 Hosting
⦿ Acuu Web Hosting ⦿ Hostwinds
⦿ FastComet ⦿ Ionos
⦿ TMD Hosting ⦿ Hostek

Sistema operacional

é o software que faz a ligação do hardware com o servidor. É como o sistema operacional do nosso computador, por exemplo: Windows, que dá vida  à máquina e faz rodar os aplicativos e outros softwares instalados.

Servidor

Um computador que fornece dados para outros computadores executando software específico dependendo do tipo de servidor. Diferentes tipos de servidores incluem servidores web, servidores de e-mail e servidores de arquivos. Como o nome indica, os servidores web hospedam sites. Quando alguém visita seu site, ele está conectado ao servidor que hospeda os arquivos que compõem seu site.

Você verá provedores de serviços de hospedagem anunciando servidores Linux e/ou servidores Windows . Isso se refere ao sistema operacional que o servidor usa. Os servidores Linux são mais comuns, menos caros e adequados para as necessidades da maioria dos sites de pequenas empresas, mas você pode comparar os dois antes de comprar a hospedagem na web.

Linux

É um tipo de sistema operacional que os provedores instalam para "rodar" na máquina e estabelecer o contato entre o hardware e outros softwares. Por exemplo: CentOs permite que você instale o cPanel e outros aplicativos.

Endereço de IP

esse endereço numérico exclusivo identifica seu site e conecta os visitantes a ele a partir do navegador. Como é muito difícil para as pessoas lembrarem de todos os endereços IP individuais dos sites que usam, os endereços dos sites são simplificados com nomes de domínio .

Nome de domínio

o nome exclusivo do seu site que os usuários inserem na barra de endereços do navegador para acessar seu site. Os nomes de domínio devem ser registrados com um registrador de nomes de domínio para evitar que vários sites tenham o mesmo nome. Muitos provedores de serviços de hospedagem na web incluem o registro de nome de domínio como parte de seus serviços de hospedagem na web, mas você pode registrar seu nome de domínio separadamente.

Uptime

Refere-se à quantidade de tempo que um servidor está em funcionamento, geralmente definido como uma porcentagem.

Largura de banda

A medida de quantos dados podem fluir através de uma conexão em um determinado período de tempo. A largura de banda limitada pode afetar negativamente a velocidade e a acessibilidade do seu site.

cPanel

A forma abreviada de painel de controle, essa interface gráfica baseada em Linux é usada para publicar sites, organizar arquivos da web, criar contas de e-mail e muito mais.

WordPress

Este é um sistema de gerenciamento de conteúdo simples e popular que permite aos usuários criar sites e blogs. Devido à sua popularidade, muitos provedores de serviços de hospedagem oferecem serviços de hospedagem adaptados especificamente para sites WordPress.

SLA - em tipos de hospedagem na web

O SLA é o acordo de nível de serviços prestados pelas empresas de hospedagem na web. Se o serviço falhar em um número ou percentual menor que o acordo disponível o fornecedor de hospedagem pode aplicar um desconto na próxima fatura. Isso depende do acordo que geralmente é estabelecido nos termos de serviços de cada empresa. Algumas empresas nem dão satisfação ao cliente, fuja desse tipo que ignora você.

Conclusão:

Estas foram as dicas sobre os tipos de hospedagem na web que você acabou de ver. Como na web tudo amanhã, ou algumas horas depois já mudaram. Isso pode se tornar obsoleto e nós iremos atualizar. Você sempre será informado de nossos recursos pelo seu provedor de hospedagem na web.

Compre Produtos Apple

iPhone


Ir a Loja

Apple Watch


Ir a Loja

Apple iPad


Ir a Loja

MacBook


Ir a Loja
Capas de iPhones

Ir a Loja
AirPods

Ir a Loja
Teremos o maior prazer em ouvir seus pensamentos

Deixe uma Comentário

iCloud Tutoriais
Logo