Quanto Custa Cloud Computing em Média

Saiba quanto custa Cloud Computing, que em português significa computação em nuvem. O preço, no entanto, varia muito dependendo em grande parte do tipo de serviço da nuvem que você precisa.

Saiba quanto custa cloud computing

O custo de cloud computing geralmente é baseado no consumo. Por isso, mover um negócio para a nuvem não significa quanto você pode economizar, mas um motivador significativo é saber quanto custa a cloud computing em comparação com o que você está gastando no momento. Assim, a elaboração dos benefícios financeiros da mudança para a nuvem é um processo de estágios.

Primeiro, audite seus custos atuais de infraestrutura antes de calcular o custo total de propriedade da mudança para a nuvem. Por outro lado, há outros custos associados à mudança para a nuvem que precisam ser levados em consideração. Além disso, devem ser ponderados com relação aos benefícios não financeiros que você pode obter.

Como não há duas empresas operando exatamente da mesma maneira, cada comparação deve ser conduzida caso a caso. Tudo isso, para chegar a uma decisão informada com base nos requisitos individuais de uma empresa.

Outo fator que difere muito o preço de um plano de dessa computação são recursos inseridos pelos fornecedores.

Quanto Custa Cloud Computing

Para saber quanto custa cloud computing, por exemplo, o armazenamento em nuvem e os serviços de compartilhamento de arquivos, como o iCloud da Apple, começam com contas gratuitas. Mas os planos pagos com recursos avançados vão se alterando a cada plano contratado, por mês, por usuário.

Os serviços de backup e recuperação em nuvem, também podem ser cobrados em determinados fornecedores. Mas, tudo depende do plano, do fornecedor de serviços e das necessidades do cliente.

A Amazon Web Services, por outro lado, oferece uma ampla gama de serviços na nuvem, permitindo que você use seus centros de dados de graça ou de acordo com o pagamento por uso.

O preço do software baseado em nuvem também depende do provedor e da indústria. Outros fatores que afetam o preço SaaS incluem o número de usuários, como você estará lançando e distribuindo o software em toda a empresa, suporte técnico e termos do contrato.

Economias geradas com a computação em nuvem

Algumas das economias de custos mais críticas incluem:

  1. Nenhum grande investimento inicial de capital
  2. A nuvem oferece custos previsíveis de TI
  3. Custos reduzidos de software com atualizações incluídas
  4. Gastos reduzidos para suporte de TI
  5. Maior produtividade dos setores na empresa
  6. Benefícios fiscais da computação em nuvem

A seguir, examinaremos cada uma delas com mais detalhes, para que você possa ter uma ideia melhor da economia de custos associada à mudança para a nuvem.

1 - A nuvem pode eliminar gastos de capital grandes e recorrentes

Com a cloud computing, você não precisa mais gastar grandes quantias de capital inicial com o hardware e o software necessários para executar sua rede.

Na maioria dos ambientes em nuvem, esses custos e o custo para manter sua rede são incluídos em uma taxa mensal fixa. Além disso, quando o servidor e os comutadores, firewalls e armazenamento, precisam ser atualizados, é de responsabilidade do provedor de nuvem fazer essas atualizações. Normalmente sem nenhum custo adicional para o usuário, eliminando assim grandes compromissos financeiros de realizar futuras empresas atualizações em todo o mundo.

Relacionados computação em nuvem

1.a - Servidores em nuvem e hardware de rede são muito mais de alta qualidade

Acima de tudo há uma diferença muito importante na infraestrutura de uma rede no local e uma rede na nuvem. Isso se dá por conta, porque os servidores e o hardware de rede são da melhor e mais alta qualidade. Principalmente, quando adquiridos para ambientes em nuvem.

Os provedores de soluções em nuvem não podem pagar por falhas no equipamento. Portanto, equipamentos de alta qualidade são utilizados e todos são altamente redundantes no data center.

1.b - Sem custos com recursos de hardware

Em geral, as soluções em nuvem não exigem a compra imediata de hardware de servidor e armazenamento em rede. Além de outros itens como: sistemas de backup, sistemas de recuperação de desastre, sistemas de energia ou refrigeração e sistemas de data center.

Quando uma empresa muda para um ambiente em nuvem, elimina a necessidade de servidores. E também, o espaço físico necessário para abrigar esses servidores.

1.c - Não há necessidade do Software de Infraestrutura de Despesas de Capital Inicial

Os serviços de cloud computing tendem a eliminar a necessidade de capital inicial de compra de software. Por exemplo: sistemas operacionais, banco de dados, servidores de aplicativo, licenças de acesso para cliente, Middleware, SharePoint e licenças de cliente são custos pagos nas taxas mensais do ambiente e suporte da nuvem.

1.d - Menos atualizações de software caras

Se você não tem estes custos e não é proprietários destes softwares, então não há porque se preocupar tanto com atualizações. Muitos fabricantes de software incluem atualizações de software gratuitas para aplicativos hospedados na nuvem. E também oferece planos pagos como uma assinatura dentro das taxas mensais do ambiente em nuvem.

Isso significa que não há atualizações de software caras e nenhuma interrupção que as atualizações de software criam nos negócios.

2 - A cloud computing oferece custos previsíveis de TI

A imprevisibilidade do atual sistema de suporte Break-Fix para redes de computadores frustrou os empresários por muitos anos. Uma das grandes vantagens da computação em nuvem para os empresários e sua equipe é a previsibilidade que ela traz.

Cloud computing, praticamente elimina taxas contínuas de atualização de software, substituição de servidores desatualizados e outros custos variáveis. A maioria das empresas que migraram para a nuvem aprecia muito a consistência e a previsibilidade de pagar um custo mensal fixo por suas necessidades de TI.

2.a - Essa previsibilidade acontece em alguns níveis

Primeiramente, as empresas pagam apenas pelos serviços que usam, em vez de pagar por hardware, software, energia e suporte para manter esses itens seguros. E também para mantê-los estáveis ​​e funcionando corretamente.

Posteriormente, no antigo modelo local, quando você compra um software, fica com essa versão por muitos anos. Tudo isso, juntamente com os ciclos de atualização plurianuais do software.

Embora você possa solucionar isso com complementos de terceiros, não é tão eficiente quanto o software em nuvem, que é atualizado automaticamente à medida que as atualizações ficam disponíveis. Por isso, quando essas atualizações ocorrem, não há tempo de inatividade ou custo adicional para os clientes.

Como proprietário ou gerente de uma empresa, é bom saber o que você está pagando agora e no futuro. Certamente, é muito reconfortante saber que o software está sendo atualizado automaticamente e sem causar grandes interrupções. Com o custo de cloud computing embutido, tudo isso acontece nos bastidores.

3 - Reduza os custos de software com atualizações incluídas

Embora seja impossível colocar um custo específico nisso para sua empresa, ter uma tecnologia desatualizada pode ser muito caro para sua empresa. Existem muitos exemplos de empresas que compram hardware muito caro para sua empresa. Geralmente, apenas para descobrir que dentro de 12 a 18 meses o hardware precisa ser atualizado e já está desatualizado.

Dessa forma, a falta de suporte tecnológico adequado para os processos de negócios, as interações dos funcionários e dos clientes pode contribuir para uma série de oportunidades perdidas. No entanto, se uma empresa possui sistemas automatizados que lhes permitem fazer as coisas com mais eficiência, é fácil imaginar como isso poderia ser uma grande vantagem nesse espaço.

A capacidade de uma empresa aumentar a produção ou reduzir as despesas indiretas pode afetar muito a lucratividade dessa empresa. Certamente, com um conjunto de soluções adequado, este risco pode diminuir substancialmente.

Consulte também

Reduza os gastos com operações de TI

Notavelmente, essa é uma das maiores fontes de economia quando uma empresa move alguns ou todos os seus sistemas para a nuvem. Você pode calcular quanto custa cloud computing sem estas despesas e certamente, fará uma diferença enorme.

As despesas do modelo de suporte de TI típico, por exemplo: terceirizado, interno ou uma combinação dos dois, muitas vezes não são claramente entendidas pelos gerentes e proprietários de negócios. Os custos de pessoal no departamento de TI ou no suporte de TI terceirizado para implantação, operação e manutenção de aplicativos e infraestrutura subjacente podem ser extremamente caros. Enquanto isso, muitos desses custos são bastante reduzidos em um ambiente em nuvem.

Geralmente, quando uma empresa está operando na nuvem, o fornecedor da nuvem assume quase todos os custos associados à instalação, execução e manutenção dos aplicativos. E também, a infraestrutura de software subjacente, bem como, o hardware associado.

Para a maioria das empresas, isso representa economia de pelo menos um profissional de TI em tempo integral.

Como um aparte; isso nem sempre significa eliminar tarefas no departamento de TI; também pode ser visto como removendo um trabalho desnecessário e de baixo valor agregado da TI. O que permite à equipe de TI se concentrar em serviços mais estratégicos e de valor agregado.

4.a - Custos reduzidos de suporte de TI

O custo para seus negócios, tanto no tempo de inatividade quanto nos custos humanos de diagnosticar e corrigir os problemas, é uma parte importante dos custos típicos de suporte de TI. Uma grande melhoria no mundo da nuvem é que, através da magia da Internet, tanto o pessoal de suporte do fornecedor quanto o cliente da nuvem podem fazer login no sistema. E também, observar a mesma tela, dados e problema ao mesmo tempo.

O cliente não precisa mais descrever o problema para o representante de suporte. Contudo, ambos podem analisá-lo ao mesmo tempo no conforto de seu próprio navegador. As economias de suporte contínuas são significativas, nestes casos.

Em se tratando de hospedar seus aplicativos de negócios na nuvem, significa que você não precisa mais instalar e configurar esse software na sua empresa. Ao terceirizar suas necessidades de TI, sua empresa pode não precisar mais dos mesmos níveis de conhecimento técnico interno. Naturalmente, permitindo que você se concentre mais no seu negócio principal.

5 - Maior produtividade dos setores operacionais técnicos e administrativos

É inegável que a computação em nuvem oferece maior produtividade de trabalho porque a rede está sempre ativa. Nesse sentido, os usuários podem estar sempre conectados e também podem se conectar à rede a partir de qualquer dispositivo. Como os funcionários podem acessar o sistema a qualquer momento e de qualquer lugar, eles normalmente fazem mais do que se pudessem usar o sistema no escritório apenas durante o horário comercial.

Uma plataforma em nuvem bem projetada permitirá que os funcionários realizem o trabalho a qualquer momento e de qualquer lugar.

Se a empresa também não tiver papel e estender seus sistemas através de portais e painéis baseados na Web, os relatórios poderão ser gerados e entregues com rapidez e eficiência. Definitivamente, eliminando desperdícios de tempo e processos em papel. E certamente, estendendo as melhorias de produtividade para além do departamento financeiro e dos negócios.

E igualmente, essas melhorias de produtividade aumentam rapidamente. Assim como, muitas implementações, podem liberar uma ou mais equipes de suporte em tempo integral em toda a empresa.

📁Cloud Storage ótimos preços

6 - Benefícios fiscais de cloud computing

Saiba quanto cloud computing custa para sua empresa, ou seu negócio de forma que você possa compreender. Em vez de ter que contabilizar software e hardware como despesa de capital e depois depreciar essas despesas ao longo do tempo, com o modelo baseado em assinatura do The Cloud, essas despesas são consideradas operacionais e podem ser deduzidas a cada ano. E não por vários anos!

Conclusão

Entendemos quanto custa cloud computing através de cada tido de projeto e a quantia de consumo. No entanto, fazer a transição para a computação em nuvem pode ser uma decisão difícil. Por outro lado, com a nuvem, você finalmente poderá colher os benefícios da tecnologia e usá-la para tomar melhores decisões de negócios. Além disso, pode maximizar seus lucros e, ao mesmo tempo, minimizar riscos e custos gerais. Livre-se de custos de atualizações de software, TI e outras operações com computação em nuvem.

iCloud Tutoriais
Logo